terça-feira, 28 de outubro de 2008

Why you wanna tell me how to live my life? Who are you to tell me if it's black or white?

Woow, new post =DD até que eu to escrevendo bastante ultimamente...

Bom, antes de começar a escrever vamos esclarecer uma coisa: Eu sou Ateu! Isso, eu sou Ateu! Sim, eu sou muito feliz com isso. Não, eu não quero aceitar Jesus, Buda, Alá, ou qualquer outro ídolo de religião nenhuma, eu me sinto muito bem sendo ateu e não tendo crença nenhuma. E mais importante que isso, ser Ateu ou não é problema meu! Ninguém tem absolutamente nada a ver com isso, a não ser eu! Se realmente existir um Deus e eu for pro Inferno por não ter acreditado, a alma que vai queimar no Inferno pela eternidade é a minha!

Dito isso, vamos abrir o leque da conversa, tudo aí em cima foi um exemplo, mas pode acontecer com qualquer outra coisa na nossa vida, existem pessoas que insistem em ver defeitos no nosso modo de viver e no nosso ponto de vista sobre a vida e usam cada oportunidade que têm para jogar isso na nossa cara e tentar "converter" a gente... Acho que essas pessoas estão tão insatisfeitas com a própria vida que decidem "consertar" a vida de todos ao seu redor, e ficam dando opiniões que sinceramente, ninguém quer ouvir!

Pessoalmente não tenho nada contra a franqueza, só acho que a pessoa que diz o que quer não pode ficar ofendida ao ouvir as opiniões dos outros! Voltando no exemplo do primeiro parágrafo, o que motivou esse post foi uma amiga de alguns amigos, que cada vez que conversa comigo me incomoda por que eu sou ateu... ¬¬" Francamente, não vou digitar o que eu penso sobre isso de novo, é só voltar e ler de novo o primeiro parágrafo, mas depois que ela dá as opiniões esdrúxulas, e eu digo o que eu penso sobre as opiniões dela, ela fica ofendida! Se ela não gosta do que eu tenho a dizer, será que ela não podia ficar quieta pra variar?

Até gosto de ouvir as opiniões dos outros, desde que abalizadas por argumentos plausíveis, não usando pontos de vista sem base alguma, eu gosto de discutir com as pessoas e verificar a capacidade argumentativa delas (embore isso acabe me gerando um alto grau de desprezo por pessoas incapazes de argumentarem de maneira decente)... Tem uma outra razão para as pessoas insistirem em tentar "converter" as outras: É por que a situação que ela vive dentro da religião dela é tão boa pra ela, que ela não consegue evitar de tentar dividir isso com outras pessoas, mas às vezes (ou sempre), a pessoa pode não estar interessada, é isso que irrita os outros, e eu particularmente não estou disposto a ouvir outra pregação sobre como é bom aceitar Jesus... ¬¬""

Hail Satan o/ Save my place, and pay for my soul, I'm going down with you!

Música do dia: Nevermore - Believe Nothing


PS: Em tempo, já repararam quantos padres pregam contra ostentação? E já foram até a basílica da Aparecida?? Todos aqueles dourado, esculturas e mosaicos, devem ter custado uma nota não?
A tá, só pra saber né... afinal, Deus deve ser bem humorado; pelo menos eu já sei que ele gosta de ironia... ¬¬"

3 comentários:

João Carreño disse...

Huahuahuahuah

acho q nunca tentei te converter a nada auhauhau (espero q não)
Talvez não seja a melhor pessoa para comentar este post... rsrs acredito q tenho quatro animais que me guiam, acredito q viverei eternamente neste e em outros mundos... acredito em Jesus e Buda (este mais doque o 1º)...
Bom ... como se diz no bom (nem tão bom) português... cada um no seu quadrado...

Agora sério... o importante é ser feliz... se a pessoa acredita que deixar de lado alguns prazers lhe fará um bem posterior... seja feliz... o mesmo vale o inverso... soh não deve cobrar dos outros aquilo q ela acha estar certo...
Eu não como carne pq acho q não me traz nenhum benefício... porém não cobro que ngm deixe de comer carne...

Mas tenho certeza que concordamos em ponto...
não diga que ignorância e alienação é elevação espiritual..

Geisson Fernando disse...

Como diz a frase "quem fala da religião delas raramente quer saber da sua" (n lembro se era assim ou errei em algumas palavras).
Respeito quem tem religião, mas desprezo as que falsamente as tem, dizendo de peito estufado que são de certa religião, mas que sempre entram em contradição com os dogmas da propria religião =P
Mas como sempre acontece no brasil, a culpa é da ignorancia, da falta de conhecimento e bla e bla, bla (fazer o q). Outro dia dia me perguntaram onde nós (Ateus, tbm sou ateu) nos reunimos e como fazemos nossos rituais =D, acreditem, isso aconteceu.
Só pra encerrar esse comentario com uma frase que vc mesmo sempre disse:
"Sou ateu graças a Deus"
A ironia da vida é algo divertido de se ver.

Anderson" disse...

Essa é uma coisa com a qual nos sempre concordamos se você entra em um debate seja qual for deve estar preparado para ouvir qualquer coisa, e deve ter competência para poder argumentar em resposta afinal se não for assim esse tipo de discussão não me atrairia se é para ter um monologo converso com o espelho, e em relação a essa tal que tenta te “converter” ela deve ter uma argumentação horrível mesmo mais menor que sua habilidade argumentativa deve ser seu cérebro porque vamos combinar já faz muito tempo que essa daí tenta a mesma coisa e sempre escuda o que não quer, ou talvez ela goste de sofrer ou tenha a visão pequena demais para ver que esse tipo de coisa não funciona, até acharia divertido esse tipo de situação se ela fosse do tipo que sabe o que esta falando, eu tinha uma colega assim também ela era crente ou protestante sei la, mais era divertido discutir com ela, até que ela argumentava bem mais ainda assim sempre conseguia entrar em contradição, não por culpa dela mais sim pelas contradições de sua religião mesmo... bem no final sabemos que é divertido DEBATER esse tipo de assunto mais apenas se ambos sabem como fazê-lo e pelo amor essa de tentar converter é muita burrice nos dias de hoje afinal tem a net ai pra que, se eu to a fim de saber alguma coisa sobre religião para seguir é só procurar...