domingo, 30 de novembro de 2008

I'm not a number, I'm a free man, I'll live my life how i want to...

Bom, como foi votado o post de hoje será sobre sociedade, nossa querida sociedade, que eu odeio, bom vamos lá...

Bom, eu tenho 16 para 17 anos, e todos os leitores do meu blog (pelo menos os que eu tenho ciência) estão passando ou acabaram de passar pela fase que eu estou passando também, vamos chamar de fase do "O que você vai ser quando crescer?"
Você, com menos de um quarto da sua vida passado, tem que decidir o caminho que sua vida inteira vai seguir dali pra frente, você tem que definir rumos, metas, objetivos para uma vida inteira, e ainda não sabe nem estacionar o carro!!!! E em alguns casos (como o meu) não pode nem dirigir!!! E como se só esse pesinho minúsculo de definir boa parte da sua vida futura sendo jovem e imaturo ainda não bastasse, qualquer coisa com a capacidade de falar que está próxima de você acha que é simpático e agradável soltar aquela perguntinha maravilhosa que dá o nome dessa fase da nossa vida, pais, avós, tios, o motorista do ônibus, o cara do xerox, a moça do caixa do cinema, todo mundo têm a capacidade de te perguntar: "E ae, o que você vai fazer da vida?" ¬¬...
Não sei por que, mas sempre me veio na cabeça uma resposta mais ou menos assim: "Não sei porra!! E sabe por quê?? Porque ninguém me dá cinco minutos pra pensar nisso!!!!!"
Porra, não basta a pressão de você decidir isso, todo mundo quer que você decida naquele instante... Como diria meu mestre Raul: "Pare o mundo que eu quero descer".

E a sociedade eleva isso a um nível profissional, desde criança você já escuta: "O que você vai ser quando crescer?", ou então "Estuda muito para ser alguém na vida" a cobrança em todos nós é tanta, que não é a toa que temos crianças com problemas de coração, estresse, entre outros, e as pessoas ousam culpar coisas como os videogames ou a televisão, como se elas não fizessem nada de errado. A sociedade cobra uma maturidade absurda de crianças que ainda não sabem nem mesmo soletrar a palavra "maturidade", ela está sempre cobrando: mais estudo, mais trabalho, mais empenho...
E as pessoas perdem tanto tempo dedicando mais estudo, mais trabalho, mais empenho; que não conseguem ter tempo de aproveitar o que elas alcançam com todo esse esforço, aí eu me pergunto: será que valeu a pena?? Será que valeu se matar de estudar, pra passar numa boa faculdade, pra se matar de estudar, pra arranjar um bom emprego, pra se matar de trabalhar, pra ganhar muito dinheiro, até literalmente se matar de trabalhar sem nunca aproveitar o dinheiro que ganhou?
A sociedade cobra de nós um nível enorme de sucessor pregando que sem esse nível de realização nunca seremos felizes, mas passamos tanto tempo procurando esse sucesso que somos realmente felizes? Acho que as pessoas (eu inclusive) deveriam parar e pensar se tudo vale a pena mesmo, e então, e só então, continuar seguindo com suas vidas, aproveitando tudo o que pudessem...

É, acho que por hoje é só isso, mais um post de crítica a essa sociedade hipócrita e imunda que eu odeio, quem sabe um dia me dá a louca e eu não largo tudo pra morar nas montanhas vivendo de caça e pesca estilo eremita?? x)

Música do dia: Mika - Grace Kelly

8 comentários:

João Carreño ou Kitsune disse...

Eremita!? deixa quieto... bom...
Concordo plenamente... A sociedade cobra o ridículo, te faz a idiota pergunta todos os dias "O que você vai ser?" ... eu tenho vontade de responder "eu já sou!, pq? não parece?".... a vontade de mandar a #$%@ tb vem... mas passa logo...

Não acredito que a idéia de felicidade ou sucesso imposta hj pela sociedade seja correta ... Beethoven viveu sua vida toda compondo, não sonhava com riqueza ou fama... e foi feliz... e hj temos certeza que ele foi o músico compositor mais bem sucedido do ocidente E SURDO!!!!.... ngm precisa ser o super-homem com 3 cursos superiores com mestreado e doutorado pra ser feliz... basta fazer oq quer.. do jeito que quer.. bom... acho q é isso... flws velho!!!

Jovana disse...

Kkkkkk...concordo, aliás estou passando por isso...até quando os nossos pais "bem sucedidos" vão nos pressionar para ingressarmos numa carreira q muitas vezes nem sabemos aindaaaa...Isso além de nos causar um estresse desnecessário acarreta numa indecisão ainda maiorr! Acredito q já basta vivermos com a sensação de q quando formos prestar um vestiba, temos q ir preparados para uma guerra! Temos q ir psicológicamente preparados, ou se naum,como vamos ver a cabeça de nossos concorrentes rolando!!!Kkkkkkkk...Exijo fim às perguntas tolas de nossos pais! Se querem tanto a nossa independência finaceira, tortura psicológica naum é a melhor escolha a se fazer...Afeeeee...nobody deserve this kind of questions, but while we're depending on their money...let's keep practicing lame excuses!!!haahuahaus!!!

Ps:Great subject! keep doing the good work!

XD

Colorblind disse...

caracaaaa velho!
eu jamais imaginaria que tu escuta mika, mas enfim, adoro a música e concordo plenamente com o que tu escreveu, ando pensando muito nisso também xD
adorei teu blog.
só pra tu saber, é a tammy aqui xD
beeeijo

Douglas John Paul Gallagher disse...

Ahh concordo kara!! quanta vida passa enquanto fazemos planos!! A sociedade te cobra a tomar uma decisão a pergunta que ela sempre nos faz eh essa msmo..."o que você vai ser qndo vc crescer" ao meu ver deveria ser..."quem você vai ser quando crescer?" O que adianta vc cursar a melhor faculdade, ter emprego com a maior remuneração...se vc acabar virando uma kara sem conteúdo!! Os valores de nossa sociedade estão trocados!! vc disse tudo!!

Obs: hauhauha..vdd o post que fiz sobre "Eu vejo gente morta" foi msmo depois de ler um dos seus post...esqueci de citar isso lah!! foi mal véio!! T+ rockenroll!!

albina disse...

bem na vdd eu vim comentar aki meio q involuntavelmente sabe...mais ja q vc postou sobre esse assunto..bem acho q todos, principalmente qm acaba de sair do 3° ano do E.M. sabe explicar muito bem isso...pq a cobrança tando todos pais como do mercado de trabalho q nos espera é gigante.. mais vem sendo cobrado tbm dos profss...aff assim num da viu, pq vc num deixam a gnt descidir isso, se a gnt descidr ser um cantor de rock q talvez tenha futuro deixa..pq é isso q a gnt qr é isso q vale...bem pelo menos é isso q eu acho!!

Anderson" disse...

Bom seu ultimo post nos faz refletir sobre o conceito de felicidade vivido nos dias de hoje...
Bem é só olhar para os nossos pais tios e outros “exemplos” a seguir, pensa bem eles até podem ser felizes mais será mesmo q são mais felizes hoje do que eram quando mais novos quando tinham a nossa idade e muito menos problemas e tals... mais a resposta é clara e se mostra com apenas dois minutos de conversa com eles, ao ouvir suas historias da juventude, mais em fim a maioria de nos esta mesmo na idade de trabalhar e de prestar os mald... vestibulares mais será que realmente valeria apena eu por exemplo trocar os nossos domingos de RPG com os amigos só para estudar como um loco, o q diga-se de passagem já é bem ruim durante a semana, para então entrar no ciclo de perseguição inatingível pela felicidade de que nossos pais nos falam tanto, ñ realmente acho que ñ, afinal é como um amigo meu me disse certa vez, “olho para os cdf da minha sala e tenho consciência de que eles vão passar nos benditos vestibulares, mais sei tbm que eles não fazem mais nada alem de estudar, então quando estiverem com mais idade e olharem para traz será mesmo que eles vão ver o quanto aproveitaram suas vidas, sua juventude”, mesmo que essa não seja a única vida com certeza é a que estamos vivendo agora então qual a finalidade em nos matarmos antes da hora, nos matarmos enfiados em empregos dos quais não gostamos e cursando faculdades que para nos são pior que a escola era, qual o objetivo disso??? Com certeza apenas para alegrar as divertidas vidas de nossos pais... não né...

enD disse...

Mais uma vez, tenho que concordar com vc.
Sociedade hipócrita e injusta. Ando meio RBD (ui, Dayane) e não aprovo NADA dessa sociedade, esses novos conceitos, e esse empurra empurra pros jovens entrarem na facul.

Não sei o q qro ser, e não é da sua conta FDP! Talvez eu diria isso, ao invés de dar aquele beeelo sorrisinho e dizer: "não sei ainda, tenho mais um ano pra pensar" Ou melhor...Mais 365 dias xD

aiai, endiara revoltada, ngm merece hahaua

Um beeijo Gui, e se for morar nas montanhas, me arranja um quartinho, q eu levo meu violão :)

sara disse...

Puuutz essaa eh boooaa... kkkkkkkk "Você, com menos de um quarto da sua vida passado, tem que decidir o caminho que sua vida inteira vai seguir dali pra frente, você tem que definir rumos, metas, objetivos para uma vida inteira, e ainda não sabe nem estacionar o carro!!!!" hahaha foda mesmoo!!

"as pessoas ousam culpar coisas como os videogames ou a televisão" ??????????? kkkkkk
esse foi o post que eu mais dei risadaa!! kkkkkkk

Eremita!? deixa quieto...[2] hasuahuhas

Mas... tirando a parte engraçadaaa... qntas vezes eu jah entrei em desespero pq eu nao sei oq eu quero da vidaaa?? nasss... perdi as contas jaa!! kazkazkazkaz

Entaaao.....
"Pare o mundo que eu quero descer" tbm!!