sexta-feira, 21 de novembro de 2008

How happy is the human soul, Not enslaved by dull control...

New post again =D E outro sobre religião! (acho que vão me exorcizar ;D eba)

Como disse um amigo meu nos comentários dos últimos posts, as pessoas confundem ignorância e alienação com fé e elevação espiritual, essas pessoas (82,3% daqueles que possuem religião), simplesmente nem se preocupam em saber o por que de fazer o que fazem, eles nem se perguntam o por que dos rituais praticados por ele a cada culto, sem nem se importar com isso, pra mim isso é impensável!! Eu tenho que saber o por que de estar fazendo o que eu estou fazendo, não consigo acreditar em algo que não vejo lógica, considero a coisa mais sagrada do ser humano, a capacidade de argumentar, questionar, duvidar, não se satisfazer, acho que aqueles que abandonam essa capacidade são seres inúteis e desprezíveis, merecedores de morte... (sim, isso é radical, mas é a verdade, afinal, quem para de questionar, para de evoluir, quem para de evoluir, na natureza morre). Afinal, a sociedade humana só evoluiu por que houveram pessoas que não se contentavam com algo, ou questionavam algo, tanto que quando a sociedade foi governada pela igreja, durante a Idade Média, a sociedade praticamente não evoluiu...
Isso é real, não estou inventando, a sociedade se estagnou por mais ou menos 300 anos, isso não se aplica apenas às pessoas que se alienam com religião, membros de grupos como tribos (rappers, emos, metaleiros), que se alienam e deixam de ser eles mesmos em favor da personalidade do grupo, merecem o mesmo que os alienados religiosos, por exemplo: A crítica a relação sexual por parte da Igreja, só foi criada por que durante a Idade Média houve uma epidemia de sífilis, a proibição e a epidemia são mais ou menos contemporâneas...

Ou então por exemplo, as atitudes de certas tribos, por exemplo: Metaleiros e Rappers não combinam, normalmente, se duas tribos desse tipo se encontram, tem briga, eu me considero metaleiro e sinceramente não gosto de rap, mas tenho amigos que gostam, e daí??

As pessoas deviam parar de pensar que só sua opinião é correta, outro dia vi numa comunidade do orkut um garoto falando que Alá era um falso deus, que o único deus real era o cristão, bom, o garoto ganhou o troféu ignorância da semana... Só para listar hipóteses: Alá, Jeová (não sei se é assim que se escreve) e Deus poderiam ser a mesma entidade, adaptada aos costumes e ao ambiente de determinado povo, e talvez se não forem, por que não seríam os católicos os errados, e os islâmicos ou judeus que estariam certos??? Uma vez que ninguém tem como saber qual é a certa, isso não é impossível...

Não sei, as pessoas me parecem felizes em ser cegas e não perceberem o mundo de oportunidades que têm ao redor deles, não consigo viver assim e seria melhor se mais pessoas também não pudessem, não tenho nada contra religião, mas aparentemente, há dicionários demais nas casas das pessoas em que religião aparece como sinônimo de ignorância e alienação, embora não seja essa a finalidade dela (pelo menos não completamente)...

Rogo por uma época em que as pessoas percebam como deixar que os outros pensem por elas apesar de mais fácil e cômodo, não é maneira de viver... Até lá, vou seguir por este mundo observando os seres dignos de pena que abandonaram o próprio intelecto em favor de uma consciência massificada e desprezar suas existências simplórias =)

Em tempo: Alienção e ignorância são as razões para coisas como carros-bomba existirem, se as pessoas pensassem por elas talvez isso não acontecesse, mas tudo bem, um dia quem sabe as pessoas que fazem isso percebam como é melhor pensar por elas mesmas, ou explodam todas =D

Música do Dia: Bruce Dickinson - The Chemical Wedding:

7 comentários:

enD disse...

Tenho minhas crenças e procuro saber o que faço, até mesmo qual o sentido do sinal da cruz, entende?
Acredito sim em seres maiores q nós, q nos guia e nos guarda, porém, procuro saber de cada coisa.
Gosto de como vc escreve Gui, pq vc não impõe opinião sobre o q não sabe =DDD

Um beeeijo, e seu blog tá foooda!

Jovana disse...

Hauahus...mais uma vez saudações! Só vc mesmo pra conseguir cavar as questões mais "pertubadoras" do ser humano...bem, vc sabe q sou completamente contra qualquer tipo de doutrina (principalmente religiosa)...porém tanto o misticismo exagerado quanto o paganismo sem limites são questões a serem revistas...a alienação humana é incontrolável,por mais q achemos q sigamos nossos próprios conceitos algo nos influenciou nesse pensamento direta ou indiretamente, o importante é sempre filtrar o conhecimento adquirido para q naum sejamos alienadosss...aff..q assunto complexo! vou parar pq já estou me empolgandooo...

Ps:Texto ótimo! cada dia escrevendo melhor!!! (assim vou acabar acreditando q os ateus são mais inteligentes q os cristãos viu??? kkkkkkkk!!!)

João Carreño disse...

Concordo... e sinto tristeza por isso...
o homem ainda tem um longo caminho pela frente... é terrível imaginar que existem aqueles que esperam o fim do mundo com trombetas e anjos e fogo e juízo final... da mesma forma eu não os culpo... culpo aqueles que os usam... estem merecem o pior...
Só espero poder ver dias melhores...

Paola disse...

Aí gui, vc fala como se tivesse 40 anos, que tal algum dia vc parar de ser intectualmente superior a tudo?coisa que ninguém é
realmente é inquestionavel que vc escreve maravilhosamente bem e sabe expressar o que quer, mais sera que é realmente isso?
as vezes de tanto a gente querer ser diferente acaba sendo igual ^^
Mais cá entre nós, tu devia escrever um livro, auhshau, ia dar no que falar

beijos

Douglas John Paul Gallagher disse...

Saudações kara psicodélico, muito interessante seu blog véio...vou dar uma lida depois com mais calma, e assim formar e espressar minha opinião. Valeu o comentário no meu blog. Fica com Deus, abraço

Douglas John Paul Gallagher disse...

Agora sim li com calma...kara concordo com você, a maioria das pessoas vivem neste mundo sem questionar o porque das coisas, aceitam facilmente o que lhe é imposto, aceitam uma vida mentirosa... e viver sempre alienado é uma morte viva, acredito que nem eu, nem você,nem ninguém tem o direito de tirar a vida de qualquer ser vivo, mas como você mesmo disse, eles já estão mortos!!!

Obs: curti seu blog...me add no msn para conversarmos
*Douglasjohnpaulgallagher@hotmail.com

Abraço

Anderson" disse...

“O Homem Cria a Estatua, a Estatua Passa A Mandar no Homem”

Primeiro vamos deixar bem claro, não sou ateu de forma alguma, tenho minhas próprias crenças e acredito em diversas coisas um tanto quanto diversificadas, é realmente não sigo uma religião no sentido comum nos dias de hoje (nem cristão nem judeu ou outra qualquer), mais voltando; é um fato inegável que o homem cria seu próprio deus e então esse como poucas das coisas criadas pelo homem não o serve mais passa a telo como servo, se o que estou falando fosse uma besteira tão grande os deuses antigos e novos estariam em um conflito épico pelos fies que os deve homenagem, a vamos combinar quantas religiões e povos não passaram pela terra e se foram deixando para traz apenas as ruínas do que um dia foram, o homem cria suas próprias limitações suas próprias regras e doutrinas, até realmente acredito na utilidade que a religião exerce como freio da humanidade (ao menos exercia até algum tempo atrás ) claro quando não é ela a criadora da destruição dos outros povos e das outras cresças, é realmente uma pena que a humanidade coloque a venda que os cega para a verdadeira evolução no conceito espiritual da palavra, afinal se as pessoas se tocassem do que o nosso amigo disse logo acima a religião não teria que fazer isso por eles ou muito mesmo guiar suas vidas como teima em fazer, seja ela qual for.
“viva e deixe viver”