segunda-feira, 19 de janeiro de 2009

Nobody will ever let you know When you ask the reasons why They just tell you that you're on your own Fill your head all full of lies...

Boom, já estou devendo dois posts, para dois amigos, um sobre esperança e outro (homenageando o Douglas) sobre direitos humanos e tal; mas como dever posts tem me inspirado a escrever outros posts, vou continuar devendo esses por mais um tempo e escrever sobre uma coisa que me veio a cabeça, e que nunca falei nesse blog: Maniqueísmo.

Palavrinha gostosa né? Ela rola pela língua, desliza nos dentes e derrete na boca. E todos nós sem exceção já usamos isto como justificativa. Mas o que quer dizer essa palavra? Bom vamos ver:

Maniqueísmo:Retrata a batalha do Bem contra o Mal e toda doutrina calcada nessa premissa. Originou-se de uma doutrina da Grécia antiga que tinha como base essa dualidade.

Para quem não conhece a personalidade que eu vou citar agora, eu apresento: McNamara (era um figurão dos USA durante a II Guerra Mundial e Guerra do Vietnã) disse isso, não vão ser exatamente as palavras que ele usou, mas o sentido é exatamente igual:
"O Julgamento de Nuremberg (ocasião em que os cabeças do nazismo foram julgados por um tribunal de aliados por seus atos durante a guerra) foi com eles (nazistas) porque nós vencemos a guerra, por que se nós tivéssemos perdido, eles teriam feito o mesmo conosco."
É bem por aí, os USA fizeram uma bela pose como defensores do bem, da humanidade e tudo. Mas sempre me admirou como eles podiam sustentar essa pose e criticar o que Hitler fez aos judeus, sendo que os colonos americanos foram igualmente impiedosos com os índios durante as viagens dos pioneiros para conquistar o "Oeste Selvagem". Outro exemplo de países hipócritas: todos os países colonizadores europeus, pois todos eles promoveram "povoações" em seus países-colônias à custa da vida de muitos dos índios. Assim como nós brasileiros não podemos bater no peito e dizer "eu não fiz isso!" afinal de contas, foram os nossos antepassados que promoveram a carnificina conhecida como "Guerra do Paraguai". E o mais novo exemplo de hipocrisia conveniente: Os judeus de Israel, contra os árabes da Palestina, sempre me perguntei como um povo que clama ter sido mal-tratado por toda a humanidade ao longo de séculos(os judeus) pode se esquecer de todo esse sofrimento por ele agüentado(um viva às velhas regras de português!! O trema rulez!! \o/), para inflingi-lo de volta em outro povo(os árabes). E tem sempre algum repórter otário que faz a velha pergunta:"Quem está certo?"

A resposta verdadeira é simples, embora as pessoas não gostem de admiti-la: Quem ganhar está certo. Não existe Bem ou Mal, até que haja um vencedor, pois é o conceito de Bem e Mal do vencedor que vai ser o conceito considerado pela sociedade na qual ele está inserido. Todo esse conceito de Bem ou Mal é puramente subjetivo, e ninguém tem autoridade para definir o que exatamente é o Bem ou o Mal.

Inclusive, seguindo o próprio conceito de Bem e Mal da sociedade, o ser humano é Mal, essencialmente mal e egoísta, e se o Bem deve prevalecer sobre o Mal, nós devíamos ter sido eliminados. Alguns podem até discordar de mim, mas se o ser humano não é mal, por que os atos de bondade são tão noticiados pela mídia? Se o que distoa do resto é o que chama a atenção, e o ser humano não é mal, por que não é a maldade que é tão demonstrada pela mídia? (excluem-se aqui as tragédias, que são noticiadas justamente por serem tragédias e vez por outra, envolve humanos causando dano a outros humanos).

Toda essa história de Bem e Mal é apenas uma desculpa do ser humano para se considerar bom. (por que será que as pessoas não aprendem a se ver como são? Seres humanos, passivos de atos de maldade com muito mais freqüência do que atos de bondade).

A bem da verdade, a vitória do Bem contra o Mal nem mesmo existe, por que se o Bem vencer e eliminar o Mal, não haverá mais Mal, e se não houver mais Mal não há mais Bem. É tudo mais uma ilusão criada pelo ser humano como conforto frente à sua verdadeira essência.

Aleister Crowley é que era um cara esperto, quando criou sua doutrina do Thelema, ele escreveu : "Fazei o que tu queres pois há de estar tudo sob o julgo da lei". Basicamente isso, ou seja: Não importa se é bom ou mal, apenas faça o que você quer, e arque com as conseqüências. E todo mundo deveria pensar da mesma maneira.

Do What Thou Wilt!!!! o/

Música do dia: Bruce Dickinson - Sabbath Bloody Sabbath:

9 comentários:

TGO \o/ disse...

mr crowleeeeeeeeeeeey xD

Pedro Henrique disse...

fala Leonel!!!
kra... vc ta escrevendo bem paka.....
da hora!!! curti!!!
saudades mano....
flw

Nuno Coelho disse...

Isso é uma das bases do anarquismo, um sistema por muito tempo apregoado de preconceitos.

O trema rulez! [2]

Douglas John Paul Gallagher disse...

Ahh depois deste post te desculpo não fazer o post sobre direito dos manos...hauhauha...bom kara faz tempo que eu fico pensando "karaio ainda naum discordei de nada do que o Leonel cita no blog"...bom e não vai ser dessa vez tbm...tirando o fato que naum sabemos de atos de bondade na mídia pq isso naum dah ibope, mas ai entramos no que vc disse, somos maldosos...gostamos d ver desgraça de outras pessoas...mas acredito que se podemos ensinar e treinar uma pessoa pra matar, talvez disse talvez podemos ensina-la e treina-la para amar...mas como não acredito em contos de fadas...isso vai ser assim pra sempre!!
Tirando o orkut...onde é um lugar encantado onde todo mundo ama todo mundo...kara vc naum sabe como ainda continuo puto com o amorzinho existente no orkut!!! Pow me ajude nessa..faça um post comentando disso vai...vamos uni forças pra ve se alguém escuta a gente!! hauhauha

Falowww Leonel mto bom o tema!!!

enD disse...

GuiLERme escrevendo cada vez melhor, hein?

Acredito e mais uma vez, estou de acordo com suas opiniões.

Um SUPER beijin

Paola disse...

Tá escrevendo bem em Gui
parabéns !

escreve qualquer dia algo sobre o ser aqui

beijos !

sara disse...

Guii como todo mundo ta dizendo ae vc ta escrevendo extremamente bem! adoreei... talvez esse seja um dos melhores posts que vc jah escreveu! ta bom demais!! ^^

e...

o trema rulez \o/ [3]

João Carreño ou Kitsune disse...

congrats guy..

realmente eh Bem e mal eh phod.. rsrs.. to lendo um pouco de Nietzche pra ver se entendo um pouco mais...
e acho que além do bem e do mal... está o semancol...

nossas ações devem ser medidas não por uma balança com um anjo e um demônio, mas com nossa mente, somos humanos, inteligentes (alguns pelo menos kkk) e temos a capacidade de saber o que causa danos a sociedade... se fechamos nossos olhos e fingimos q não entendemos o funcionamento do mundo... é pq somos covardes e sofistas... usamos religiões, doutrinas e "falsas fés" para justificar nossa preguiça habitual...

Um homem "bom" é aquele que compreede que seus atos voltam contra si mesmo quando ele atinge a sociedade de forma negativa... ngm consegue escapar da sociedade ^^ infelizmente eh um dos mals de nossa linda "globalização" ^^...

bom... imagino q seja isso rsrs abraaaço!!!!

Anderson" disse...

é realmente, que o mal e o bem não estão ai isso é o mais verdadeiro, eu sempre achei que todos os seres humanos sem exceções são capazes de fazer o "bem", e tbm de fazer o "mal", claro exceto pelos q são realmente doentes ou tem traumas, na sua concepção não é realmente mal, claro se vc fez algo desse tipo é por q seria de alguma forma beneficiado e assim estava fazendo bem para vc mesmo, o ser humano pode ser muitas coisas, a maioria ruim, mais uma coisa q ele é com excelência é hipócrita, claro não tenho q falar nada sobre isso nesse blog, e assim pode fazer parecer para si mesmo q o q esta fazendo é bom mesmo q prejudique outras pessoas afinal foi bom para ele mesmo...
por fim isso cai no conceito que eu acredito sobre as pessoas realmente neutras, são aquelas q não pendem nem para o bem nem para o mal, mas fazem bom proveito das duas em casos de necessidade, pode até soar meio frio mais no fim é bem por ai q as coisas são mesmo,... no final das contas achei q não ia ter o q falar mais até q falei bastante rsrsrsrs...